Home » newsletter » Notícias » Prêmio Gandhi contempla produção de trabalhos comprometidos com a Cultura de Paz

Prêmio Gandhi contempla produção de trabalhos comprometidos com a Cultura de Paz

Postado por Comunicação em 6 de setembro de 2017.

Larissa Nobre de Souza venceu a categoria TCC de 2016, pela UNI7

O objetivo do prêmio para a categoria TCC é motivar a formação de futuros profissionais comprometidos com uma comunicação mais humanista e voltada para a paz na sociedade.

Defendeu o seu TCC nos dois últimos semestres (2016.2 ou 2017.1) com o tema direcionado para a Cultura de Paz? O trabalho é sobre ações desenvolvidas no Estado do Ceará? Então, não perca tempo! Faça sua inscrição no Prêmio Gandhi de Comunicação 2017 na categoria Trabalho de Conclusão de Curso. O objetivo do prêmio para essa categoria é motivar a formação de futuros profissionais comprometidos com uma comunicação mais humanista e voltada para a paz na sociedade.

Na categoria TCC, serão aceitos os trabalhos já defendidos e aprovados por banca da Instituição de Ensino Superior (IES), relativo aos períodos letivos de 2016.2 e 2017.1. O vencedor ganhará R$ 3 mil. Será concedida uma menção honrosa para o professor orientador do TCC vencedor, por estimular o processo de produção acadêmica voltada para a cultura de paz. As inscrições estão abertas e seguem até 29 de setembro de 2017. Confira o regulamento.

Categoria
Estudante – Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Comunicação
Social (Jornalismo e Publicidade & Propaganda), já defendido e aprovado por banca da IES, relativo aos períodos letivos de 2016.2 a 2017.1;
Menção honrosa para o professor orientador do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) vencedor dos Cursos de Jornalismo e Publicidade & Propaganda.

Sobre o prêmio
Criado com a intenção de reconhecer os trabalhos de profissionais e estudantes de Jornalismo e Publicidade que colaboram para a Cultura de Paz, o Prêmio Gandhi de Comunicação é um concurso reconhecido no Estado. Em 2016, contou com 120 inscrições, sendo 62 de profissionais, 45 de estudantes e 13 de produtor de conteúdo on line. (Fonte: Agência da Boa Notícia)